sábado, 13 de junho de 2015

O ESPÍRITA E O ESPIRITISMO


O ESPÍRITA E O ESPIRITISMO
O espírita sabe que a vida não termina com a morte, mas chora e sofre pelos entes queridos que faleceram.
O espírita sabe que o espírito é imortal, mas ainda cultiva um medo contraditório da morte.
O espírita sabe que dessa vida nada se leva, mas fica querendo que tudo de material dure para sempre.
O espírita sabe que Deus é infinita perfeição, mas sofre pelas incertezas da vida.
O espírita conhece perfeitamente a lei de causa e efeito, mas fica orando para que Deus não a aplique e nos “salve” dos efeitos de nossas ações.
O espírita sabe que sempre existem os guias e espíritos de luz nos auxiliando, mas muitas vezes sente-se sozinho e desesperançoso.
O espírita sabe que todo sofrimento visa o crescimento espiritual, mas procura evita-lo ao máximo.
O espírita conhece a obsessão espiritual, mas muitas vezes fica obsediando os vivos e se tornando um obsessor encarnado.
Apesar do espírita conhecer tudo isso, ele ainda se desvia do caminho de Deus.
Não estude apenas o Espiritismo.
Viva o Espiritismo!
Só depende de você.
Mas ainda continuamos a viver a nossa crenças antiga, achando que Deus é obrigado a fazer tudo o que queremos, mas já recebemos a vida das mão de Deus está na hora de tomarmos posse da nossa, cada um segunda suas obras.